Aprex Webmail e U ) *
Joinville - Sábado, 19 de Agosto de 2017 - Santa Catarina


Newsletter
Para receber a Newsletter da Vidaverde, preencha o formulário abaixo.
Nome:
Profissão:
E-mail:
Desejo receber
newsletter
Desejo cancelar
recebimento das
newsletters

A devastação continua, incentivada
07/06/2006 - Na Semana do Meio Ambiente que ora transcorre, é importante relembrar e analisar informação divulgada há poucos dias, dando conta de que o desmatamento na mata atlântica caiu 71% nos últimos cinco anos. A análise sobre a situação da mata, feita pela organização SOS Mata Atlântica, revela que de 2000 a 2005 ocorreu o corte de 941 km2 de mata nativa, contra 3.250 km2 nos cinco anos anteriores.

Aparentemente, essa seria uma boa notícia, se não fosse o fato de a mata
atlântica hoje cobrir apenas 1% do território nacional, um índice muito
aquém dos 15% de cobertura florestal que representou no País.
Para nós, catarinenses interessados na preservação, preocupados com o meio ambiente, com o futuro de nossos filhos, a notícia de que o ritmo de
destruição desenfreada reduziu-se é ainda menos auspiciosa, se levarmos em conta que o Estado continua sendo um dos vilões nesse processo.

Essa constatação, infelizmente, não causa surpresa diante da postura do
governador LHS com relação ao meio ambiente. Quando um governador recorre à Justiça contra a criação de parques e estação ecológica e de lei que institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza, o que esperar senão a continuidade das derrubadas?

Em sua investida contra a criação dos parques nacionais das Araucárias e
da Serra do Itajaí e da Estação Ecológica da Mata Preta, LHS alega que as
desapropriações necessárias causarão desequilíbrio ecológico e provocarão
sérias conseqüências à comunidade, à paz social e à economia do Estado. O
governador, agora em licença, entende que o direito à propriedade deve se
sobrepor àquele que preconiza vida saudável para todos. Não por
coincidência a segunda área do Estado com maior desmatamento no período 1990/95, segundo informação constante no site da organização Planeta
Verde, foi a região de Joinville, onde 8.522 ha de restinga foram
devastados.

Assim como ele, empresários e suas entidades de classe reclamam de
quaisquer medidas que visem à preservação da mata atlântica, pouco se
importando com a importância desse patrimônio, com sua riqueza biológica.
A estes, seduzidos pelo sistema capitalista, é indiferente que o bioma
mata atlântica seja formado mais de 10 mil espécies de plantas, abrigue
estimadas 261 espécies de mamíferos, 620 de pássaros e 260 de anfíbios.
Preservá-lo é não apenas manter a vida de espécies ameaçadas de extinção, mas garantir a conservação de mananciais de água e a vida de milhões de brasileiros que vivem sob o abrigo e dependem da mata atlântica.


Autor: Afrânio Boppré, economista, deputado estadual pelo P-SOL
Fonte: A Notícia - Opinião





Semana do Meio Ambiente:
Colégio Energia e VidaVerde promovem 4ª edição da Casa Consciência
Projeto Casa Consciência
ganha Prêmio Expressão de Ecologia
Participe do Jantar do Dia da Árvore
Lançada cartilha sobre rio do Braço em Joinville
Terceira edição da mostra Casa Consciência abre Semana do Meio Ambiente

É o fim do mundo
A importância da camada superficial de solos para a sociedade brasileira
A devastação continua, incentivada
Tentativa de acordo sobre retirada de areia
Marketing sustentável

Projeto Casa Consciência muda atitude dos estudantes
Municípios não podem autorizar extração de areia em leitos de rios
Lançada Cartilha Ambiental
Programa Treinee em meio ambiente
ONG VidaVerde divulga trabalho na Semana do Meio Ambiente

Preocupações dos agricultores são legítimas
Poluição
Cota 40
Ocupação inteligente?
Cota 40

Rio do Braço precisa de atenção
Casa desperta consciência ecológica
Casa ecologicamente correta em exposição
Ong Vida Verde coordena a revitalização do rio do Braço
Entregue prêmio de ecologia


Não fique indiferente!

03/10 - 20:00
Palestra Loteamento Ecológico...
22/09 - 19:30
Jantar do Dia da Árvore...
21/09 - 14:30
Dia da Árvore – Enriquecimento da Mata Ciliar...
30/08 - 19:00
Lançamento da Cartilha Ambiental em Pirabeiraba...
20/06 - 03:07
Gestão Escolar e as Tecnologias Educacionais...
11/06 - 02:52
1º Encontro Ambiental Comunidade Ribeirão do Cubatão...
13/02 - 04:21
Audiência pública para tratar da questão do Morro do Boa Vista....
02/02 - 02:19
Cerimônia de posse do Prof. NÉLCIO LINDNER...
17/11 - 11:10
Palestra: Utilização da água da chuva...
17/11 - 11:08
Palestra: Adubação orgânica "Bocache" em orquídeas...

25/11 - 04:04
3º Simpósio da Defesa Civil...
19/10 - 11:45
Seminários de Áreas Prioritárias para as regiões Sul, Sudeste e Nordeste...
17/10 - 20:00
Palestra Loteamento Ecológico...
20/09 - 08:00
1º Congresso Brasileiro de Responsabilidade Socioambiental nas Instituições Financeiras...
12/09 - 04:42
Congresso Brasileiro de Comunicação Ambiental...
30/08 - 08:00
Gerenciando Resíduos Perigosos...
02/08 - 09:00
Curso de Elaboração de Projetos Sociais para Captação de Parceiros e Patrocínio...
26/07 - 05:29
Rede Brasileira de Agendas 21 locais...
25/07 - 14:00
Seminário de Capacitação em Educação Ambiental...
10/06 - 05:50
1º Encontro Sobre Democracia Ambiental e Controle Social ...



Assine o manifesto

Contribua com a VidaVerde
A VidaVerde se mantém com o apoio financeiro de seus associados, empresas e todos os que queiram contribuir...
Adesivo Vidaverde
Botons Vidaverde
Camisetas Vidaverde

Rio do Braço...
Caieiras...
Morro Boa Vista...

Nascentes: A caminho da salvação
Manguezal: A importância da preservação
Vidaverde: Faça parte
Boa Vista: Ligue por mim
Boa Vista: Joinville abraça este morro

Projeto do Parque do Boa Vista prevê preservação ambiental associada a lazer
Parque é primeira grande conquista



Política Copyright Mapa Ajuda Apoio